BrasilPolítica Nacional

Após ser acusada “fake news”, Cantanhêde insiste que demissão de Vélez já foi decidida

0
Imagem publicada pelo próprio Bolsonaro do programa Globo News em Pauta

Apesar de ter sido desmentida publicamente pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL) na última quarta-feira, 27, após afirmar que a demissão do ministro da Educação Ricardo Vélez Rodríguez já estava decidida, a jornalista Eliane Cantanhêde reafirmou a “informação” em coluna publicada no Estadão nesta sexta-feira.

“A verdade é uma só e óbvia: ele já decidiu demitir Vélez, a pessoa errada, no lugar errado, na hora errada”, escreveu a Cantanhêde, sem, mais uma vez, mencionar qualquer fonte.

Na quarta-feira, a jornalista afirmou ao vivo no programa Globo News em Pauta, que Bolsonaro havia decidido exonerar Vélez do cargo. Uma hora depois, o presidente manifestou-se no twitter negando a informação: “Sofro fake news diárias como esse caso da “demissão” do Ministro Velez. A mídia cria narrativas de que NÃO GOVERNO, SOU ATRAPALHADO, etc. Você sabe quem quer nos desgastar para se criar uma ação definitiva contra meu mandato no futuro. Nosso compromisso é com você, com o Brasil”, publicou.

Ana Hickmann rebate ataques de ‘odiadores’ por conta de foto com o Presidente Bolsonaro

Publicação anterior

Incêndio destrói parte de cidade cenográfica de novela espírita da Globo

Publicação seguinte

También te puede interesar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Más en Brasil